A apropriação que molda o mundo

As constantes miscigenações culturais do passado ajudaram a formar a identidade e crenças do nosso mundo contemporâneo. Isto concatenou o atual cenário que vivemos, seja ele político, religioso ou social. Há quem insista em não reconhecer, mas a nossa vida é uma apropriação cultural. Ou você acha que nossos hábitos e costumes não seja algo do tipo? É leviano questionar alguém pelo uso de determinado apetrecho, com este fraco argumento.

Vamos a reflexão: Por acaso você, moça, já se questionou que o baton que usa – este mesmo que remonta ao antigo Egito – é uma apropriação cultural? E você, rapaz, que usa coques estilosos – os mesmos que os antigos orientais ostentavam – parou para pensar que o seu estilo é, também, uma escancarada apropriação cultural? Nossa vida é remontada, alicerçada, em apropriações, mesmo que indiretamente, de costumes de outras culturas. O caso mais emblemático é do nosso carnaval. Embora, ele tenha um pouco de várias culturas, sua origem sublima-se das antigas festividades ritualísticas gregas em homenagem aos deuses. Logo após, culturas como a romana e egípcia apropriaram-se da cuja celebração, moldando-a através dos tempos, até chegar ao nosso país através de uma festividade católica portuguesa. Parou para pensar que isso foi uma TREMENDA apropriação cultural?

mulher-negra

Dizer que o uso de um turbante (polêmica que rola nas redes sociais), ou algo do gênero, descaracterizará uma determinada cultura, não deixa de ser uma inverdade. Mas longe disso, a cultura não perde a essência. Ela continuará intocável, servindo como base para a modelação de uma outra ramificação social. Se algo irá mudar, será a cultura que a recebeu. Alou, isto é interdisciplinaridade. O mundo é uma esfera em constante transformação e utilizar estes elementos nada mais é que manter nossa identidade humana ainda viva. Isto reforça, ainda mais, a importância que a cultura tem para a humanidade. É ela que continua a nos moldar e as apropriações a formar novas maneiras de enxergarmos o mundo. Ah, vale frisar que a origem do turbante é desconhecida, mas sabe-se que já era usada no oriente muito antes do surgimento do Islã. Então, podemos dizer que as culturas de matriz africana também se apropriaram dela, não é? O mundo, por si só, é uma imensa apropriação cultural.

Leonardo Patikowski,

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s