Pecaminosa estrada

Tropeçando sob percalços indecifráveis, cá estou sem rumo definido ou direção exata. Nada faz sentido nessa pecaminosa estrada. Arbustos sem vida circundam o caminho e um aconchegante manto negro bordeja toda sua extensão. Não sei o que quero encontrar ao final dele. Afinal, nem mesmo sei o meu verdadeiro proposito de estar trilhando-o.

Aqui me encontro, perdido e sozinho sob esta vasta solidão. Com medo desse repentino despovoamento que assola as minhas entranhas. Dos perigos que isso pode me causar e do custo que isto terá na minha bem-aventurada vida. Como eu quero um alguém para me guiar; um alguém para me escutar; um alguém para ser chamado de amigo. Este súbito ermo me incomoda, me sufoca, me destrói. Seria esta a metamorfose final para tornar-me um andarilho solitário? Só mesmo sendo um para ter esta certeza.

Leonardo Patikowski,

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s