Por favor, me deixe

DSC_7448

Ilustração por Leonardo Patikowski/ Aquarelando (facebook.com/aquarelando1)

Em mais uma fatídica noite, volto a sonhar com você. Achava que esses sentimentos irrisórios haviam virado lembranças de um passado já esquecido. Entretanto, estava enganado. Jamais pensei que, algum dia, diria adeus a você. Faz tanto tempo, eu não queria, mas foi necessário. Contudo, as vezes me pego remoendo este tempo que parece não passar. Não há motivos para te procurar, nem mesmo não entendo esse sentimento de condenação enraizado, ainda, dentro de mim. Um funesto passado infeliz insiste regressar, sem motivos ou razões. Meus sonhos, que deveriam ser a fonte de paz e segurança, foram adonados com a sua presença. Comparência fútil que não quero mais perto de mim, por razões obvias.

Em épocas remotas eu tinha tanto para te dizer, porém, você nunca foi capaz de me amar da mesma maneira que te amei. Meu sentimento hoje é outro. Meu coração já foi preenchido. Meu elo de ligação com você já devia ter sido rompido. Mas, de alguma forma, nossas almas insistem em continuar ligadas em um plano imaterial. Por favor, me deixe… me deixe ser feliz longe de você!

Leonardo Patikowski,

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s